Eu tenho nojo e vergonha da Suprema Corte Brasileira

Desde 2015 eu venho afirmando em editoriais para a CBN MS, REDE GNI e agora para a Rede Brasil de Televisão, que do jeito que está o Brasil e se os militares não tomarem conta da situação, as únicas saídas para o Brasil serão os aeroportos Internacionais Tom Jobim, de Guarulhos e dos Guararapes.

Ir para um país conservador do leste Europeu seria a única salvação para protegermos as nossas famílias.

Por que do jeito que está, em breve, vamos ser uma versão tupiniquim do que está acontecendo na Venezuela, Cuba, El Salvador e Chile. Uma versão piorada, diga-se de passagem.

ENTENDA O QUE EU VOU DIZER

Liberdade de expressão é apanágio da natureza racional do indivíduo e é o direito de qualquer um manifestar, livremente, opiniões, ideias e pensamentos pessoais sem medo de retaliação ou censura por parte do governo ou de outros membros da sociedade. É um conceito fundamental nas democracias modernas nas quais a censura não tem respaldo moral.

A liberdade de expressão é um direito humano, protegido pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, e pelas constituições de vários países democráticos.

Segundo o artigo XIX da Declaração Universal dos Direitos Humanos:

Todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e ideias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras.

Usando da prerrogativa conferida e preservada pelo próprio STF que me garante a liberdade de expressão e o direito de expressar a minha opinião (garantias fundamentais da Carta Magna), eu preciso expressar o meu repúdio e nojo por uma decisão ‘monocrática’ (quem me garante que não foi um jogo de cartas marcadas?) e para livrar o senhor Luís Inácio ‘Ladrao’ da Silva da Cadeia, os prominentes ministros (excelências) revogaram o seu próprio entendimento anterior e ANULARAM a prisão imeditada já na segunda instância para beneficiar quem tem dinheiro para recorrer até prescrever. Vou repetir: recorrer até prescrever. Por isso que eles não querem prisão em segunda instância e somente quando for a decisão final, assim, ninguém amarga a cadeia até esgotarem os ‘amplos recursos’ de recorrer até prescrever.

Mas que decisão final?

Você deve prestar atenção no que eu acabei de dizer, pois o jogo é este: finge-se que não garantem a impunidade dando a ‘chance’ de recorrer em 1º grau, em 2º grau, em 3º grau e nas mais impactantes armadilhas jurídicas, para quando chegar, enfim, na decisão final, o crime já prescreveu

Aconteceu essa semana com Fernando Collor de Mello. E por uma coincidência absurda, quem é o seu primo? O ministro do STF Marco Aurélio Mello.

Com o devido respeito e clamando vênia as vossas excelências, os senhores são uns pinóquios.

Vou ser preso ou processado? Eu não sei, mas que estou com nojo de ser brasileiro, eu estou.

Eu tenho a absoluta certeza que esta turma (não todos) é a pior Suprema corte do Globo Terrestre e ela é a mais partidária e emparelhada suprema corte em favor de primos, amigos e conhecidos.

Ontem, amargamos a nossa versão tupiniquim do ‘Sunday, bloody, sunday’ irlândês (imortalizada pelo U2), pois com a ‘soltura’ (já autorizada pelas excelências) de criminosos já condenados, o número de mortes, roubos, assassinatos, estupros, sequestros e a impunidade serão as molas mestres que nortearam vagabundos, corruptos e canalhas…

Seria mais fácil entregar as chaves das cadeias a eles…

Léo Vilhena | Jornalista

REDE BRASIL TV

APOIE A REDE BRASIL DE TELEVISÃO | Levamos até você uma televisão de qualidade (para toda a família) e um jornalismo com muita credibilidade. Checamos e re-checamos as nossas fontes para levarmos até vocês uma informação precisa e segura. Nosso lema é: Conectando você ao Brasil e ao Mundo. Diariamente investimos em qualidade, autonomia, segurança e investimos em profissionais dedicados a informar. Praticamos um jornalismo com seriedade.

%d blogueiros gostam disto: